funerária no lumiar

Funerária do Lumiar

Presentes nos momentos mais difíceis

Funerária do Lumiar

Serviço 24 horas

A Funerária do Lumiar foi fundada em 1993 por João Cardoso e Maria da Piedade. O objetivo é, e sempre foi, oferecer a melhor qualidade de serviços e produtos, mas também apoio num dos momentos mais difíceis da vida.

Graças à nossa equipa profissional conseguimos acompanhar as famílias aquando do falecimento do seu ente querido. Os nossos serviços são permanentes, estamos disponíveis para si 24h e para qualquer parte do país ou estrangeiro.

A nossa equipa tem pessoal especializado para a realização de todo o tipo de serviços fúnebres, para criação de qualquer arranjo floral que desejar e temos também uma frota de viaturas modernas. Nas nossas instalações temos ainda as acomodações necessárias para, se precisar, acomodarmos o falecido até ao momento do funeral.

 

O nosso objetivo é, desde 1993, ajudar em tudo o que é possível e oferecer o nosso apoio e carinho neste piedoso acto.

Contacte-nos.

Informações Úteis

O que fazer perante um falecimento

No Domicílio

No caso de óbito na residência habitual do falecido, na residência de um familiar ou de alguém a quem este estivesse a cargo – contactar a Funerária do Lumiar. A nossa equipa tratará de todos os contactos posteriores necessários e da emissão do Certificado de Óbito.

Num Lar/Instituição

A própria instituição tratará de todos os contactos necessários e da emissão do Certificado de Óbito. Os familiares serão informados pela Instituição e deverão contactar a Funerária do Lumiar para a organização do serviço fúnebre.

 

Em caso de acidente, crime ou suicídio

Nestes casos, é necessário contactar as autoridades de segurança da área onde o mesmo aconteceu. Nestes casos, é decretado por Lei a obrigatoriedade de um exame de autópsia ao falecido. Os familiares devem contactar a Funerária do Lumiar que tratará de se informar junto das autoridades competentes da data e hora da autópsia.

O que é necessário para a emissão do Registo do Óbito

A Funerária do Lumiar tratará dessa emissão, mas para tal precisa de alguns documentos e informações:

  • Se o falecido for casado ou viúvo ou separado judicialmente de pessoas e bens: nome do cônjuge, identificação deste, data e local do casamento;

  • Se o falecido for divorciado: nome do ex-cônjuge, data do divórcio, indicação do Tribunal ou Conservatória do Registo Civil onde foi processado;

  • Se o falecido deixou ou não bens e, se sim, quem são os seus herdeiros;

  • Se o falecido deixou ou não testamento e, se sim, quem é o seu testamenteiro;

  • Se o falecido deixou ou não filhos menores;

  • Se houver indícios de morte violenta, suspeita de crime ou o médico afirmar que desconhece a causa da morte é necessário que o Tribunal emita uma declaração com a hora da autópsia ou a dispensa da mesma.

Algumas informações importantes que precisa de ter presentes

Num momento sensível como este, é ainda preciso ter ainda algumas informações presentes – apresentamo-las de seguida, mas garantimos que terá sempre o nosso apoio durante o processo.

  • A Declaração de Óbito pode ser feita em qualquer conservatória;

  • Quando a Declaração é passada a um sábado, domingo ou feriado deverá ser apresentada à autoridade policial competente na freguesia onde permanece o corpo;

  • Com o Registo de Óbito será entregue uma Guia de Enterramento, que vai permitir a realização do funeral.

A nossa Frota